Foto: Divulgação/MTur

O setor aéreo, representado por alguns empresários, entregou uma proposta para membros do Ministério do Turismo, Embratur e Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), nesta quinta-feira (16), com 22 medidas que irão impactar o custo de viagens pelo país. 

Algumas ideias propostas são a redução no imposto do QAV, a judicialização do setor e adequações às agendas regulatórias e tributárias no país. A regulação do setor ainda não é alinhada com o cenário internacional. 

O objetivo, segundo os participantes, é fomentar destinos ainda não consolidados e conectar os diversos modais de transporte, promovendo uma melhor oferta de serviços e estimulando o turismo.

Compartilhe