Foto: Alexandre Manfrim

A Operação Acolhida oferece assistência emergencial à imigrantes venezuelanos que vem para o Brasil desde abril de 2018. Foram mais de 886 mil atendimentos realizados, 330 mil doses de vacinas e 27 mil venezuelanos interiorizados.

A operação permite uma chegada organizada e a interiorização dos venezuelanos que chegam por Roraima e é coordenada pela Casa Civil, com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU) e entidades sociais.

Os pilares da Operação Acolhida são: acolhimento, abrigamento e interiorização. Os imigrantes recebem assistência documental e médica necessárias. Além disso, recebe orientação de saúde pela Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Compartilhe