Fotos: Renato Alves / GDF

A Secretaria de Mobilidade do Distrito Federal (Semob), estuda o aumento nas tarifas de ônibus e metrô, o que indica um ajuste de R$0,50 no preço das passagens. Segundo a secretaria, o modelo proposto resultaria em uma economia de R$161 milhões ao ano, aproximadamente.

No caso de passagens de R$2,50 para R$3,00, o aumento representa 20%. As passagens de R$3,50, com o reajuste para R$4,00, 14,2%. Por fim, tarifas de metrô/longas distâncias e integração, que atualmente custam R$5,00, terão aumento de 10%.

“Pelos estudos realizados e levando em conta o reajuste da tarifa técnica, o aumento se mostra necessário para melhorar as contas e manter o sistema em pleno funcionamento”, afirmou o governador Ibaneis Rocha (MDB). 

Compartilhe