Foto: Jornal Econômico/Divulgação

O “Estudo sobre o Judiciário Brasileiro”, feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) sob encomenda da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), apontou o Poder Judiciário como o mais bem avaliado pela sociedade, por advogados e por defensores públicos dentre os Três Poderes.

Lançada na última segunda-feira (2) na FGV Rio, a pesquisa afirma que 52% dos brasileiros confiam no Judiciário, com a Presidência da República em segundo lugar com 34% e o Congresso Nacional, com 19%, em terceiro lugar. O levantamento foi feito entre agosto de 2018 e novembro de 2019.

Os tribunais superiores, no entanto, são vistos com ressalvas, com o Supremo Tribunal Federal (STF), tido como não confiável por 57% das pessoas, e o Superior Tribunal de Justiça (STJ), por 54%.