Foto: Dado Ruvic/Reuters

Uma falha no sistema Android foi alertada pelas empresas de segurança Promon e Lookout. Um aplicativo falso utiliza essa falha para agir como um “impostor” de outros aplicativos previamente instalados e, com isso, pode clonar telas e capturar dados da pessoa.

A empresa Promon, norueguesa, atribuiu o nome “Strandhogg” à falha, fazendo uma alusão a tática dos vikings em atacar áreas litorâneas com o objetivo de saquear, sequestrar e capturar recursos. 

Compartilhe