Foto: Divulgação/Banco Central do Chile

O Banco Central do Chile informou que uma intervenção cambial terá de ser feita no país para conter a desvalorização do peso. O órgão estima vender US$20 milhões (R$84 milhões) entre dezembro e maio de 2020.

“Os acontecimentos ocorridos em nosso país nas últimas semanas afetaram o funcionamento normal da economia. Esta situação foi agravada pela recente e prolongada tensão e incerteza […] Por essa razão […] o Conselho do Banco Central do Chile decidiu implementar um programa de venda de moedas”, segundo o Banco Central. 

Os programas de liquidez de pesos e moedas no mercado, segundo o BC chileno, serão mantidos no mercado até 29 de maio de 2020. 

Compartilhe