Foto: Marcos Correa/PR

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou, nesta segunda-feira (25), que o imposto sobre dividendos pode ser aprovado pelo Congresso no próximo ano e passar a valer no ano seguinte (2021).

Ele também afirmou que o governo vai enviar uma proposta de reforma tributária ao Congresso em fases para facilitar a análise e a apreciação pelos parlamentares. O projeto, segundo Guedes, será encaminhado, em uma ou duas semanas, a uma comissão mista do Senado e da Câmara. “O governo quer fazer IVA dual federal, com imposto de 11% e 12%”, disse Guedes. Depois virá Imposto de renda de pessoa física e desoneração da folha.

Guedes também afirmou que uma medida provisória sobre saneamento pode ser enviada ao Congresso nesta semana.

Compartilhe