Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O Congresso Nacional está iluminado de azul durante todo o mês de novembro em apoio ao movimento Novembro Azul, que visa a conscientização, prevenção e combate ao câncer de próstata. 

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele. Embora seja uma doença com capacidade de cura, muitos homens não conversam sobre o assunto ou realizam exames preventivos, por medo, tabu ou desconhecimento. 

O Ministério da Saúde estima mais de 68 mil novos casos da doença em 2018, que representa, a cada 100 mil homens, um risco de 66,12 casos. Os fatores de risco estão para os homens acima de 50 anos e o histórico familiar. Práticas como obesidade, sedentarismo e tabagismo aumentam as chances de agravamento da doença. 

Compartilhe