Foto: Divulgação/EBC

O Ministério da Comunicação optou por liberar R$60 milhões para a instalação de 853 usinas fotovoltaicas em 38 institutos federais, dois centros de educação tecnológica (Cefet) e no Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro.

O objetivo do MEC é incentivar o investimento em energia sustentável e pode gerar uma economia de R$17,7 milhões por ano em contas de energia elétrica. A energia fotovoltaica é captada por placas solares que podem gerar, em média, 30,3MWh/ano e cada placa dura, aproximadamente, 25 anos.  

Em 2018 foram gastos R$168 milhões com energia elétrica. Com a nova instalação, o que for economizado por ano poderá ser destinado para ações dos campi com ensino, pesquisa e extensão. 

Compartilhe