Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O Ministério da Saúde lançou no último dia 5, a oferta do Afibercepte no Sistema Único de Saúde (SUS), que é um medicamento em forma de injeção aplicada no olho de quem possui o Edema Macular Diabético, que causa perda de visão em pessoas com diabetes tipo 1 e 2. 

A injeção visa bloquear a proliferação dos vasos sanguíneos da retina, que promovem o agravamento do quadro clínico. O medicamento estará disponível para a população em 180 dias a partir da data de publicação da portaria nº 50, de 5 de novembro de 2019. 

O edema é um efeito da retinopatia diabética, que não tem cura. A diabetes atinge 7,7% da população das capitais brasileiras, sendo mais presente em homens (54,3%) na faixa de 55 a 64 anos, segundo a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) 2018.

 

Compartilhe