Foto: Felipe Iruatã / Felipe Iruatã

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) autorizou a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Óleo nesta segunda-feira (18), para investigar a origem das manchas de petróleo que atingem o litoral Nordeste. 

A proposta foi apresentada pelo deputado João Henrique Campos (PSB-PE) em outubro e teve o endosso de 267 parlamentares. O deputado alegou que este “ “já é considerado o maior crime ambiental em extensão da história do Brasil”. O colegiado deve ter atividades por 120 dias. 

Maia, além de aprovar a criação da CPI do Óleo, indeferiu duas outras comissões, uma que trata do uso de verba de publicidade do governo e outra que diz respeito às fake news. A comissão sobre as empresas aéreas ainda não foi despachada.

Compartilhe