Foto: Divulgação

A quantidade de empresas com ações listadas na Bolsa de Valores (B3) diminuiu significativamente desde 2007. A série histórica foi iniciada em 1996 e contava com 550 empresas; em 2007, tinha cerca de 400. Atualmente, são apenas 328 companhias com ações disponíveis. 

Apesar disso, o mercado de ações brasileiras teve a possibilidade de negociar volumes mais altos entre diversas empresas e setores, com um aumento no giro diário de RS$ 93 milhões para mais de R$ 16 bilhões.

O corte nos juros básicos, que chegou na mínima histórica, fomenta o crescimento da participação dos investidores locais, sobretudo no varejo, ampliando o contato com recursos.No entanto, apesar do número maior de empresas no passado, poucas eram atraentes como investimento.  

Compartilhe