Foto: Alan Santos/PR

O presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, vão discutir questões da política bilateral e a situação na região, incluindo o caso da Bolívia, onde Putin acredita que Evo Morales sofreu um golpe de estado, posição divergente da defendida por Bolsonaro.

No âmbito da cúpula do Brics no Brasil, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, vai se encontrar com o primeiro-ministro da Índia, Narenda Modi, e o presidente da China, Xi Jinping, no dia 13 de novembro e com o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, no dia 14 de novembro.

Putin apresentará na cúpula as suas visões sobre a situação mundial, incluindo os casos da Turquia, Síria e Bolívia, e as ações dos Estados Unidos. Putin também deverá cobrar uma cooperação mais profunda dos cinco países dentro de organismos internacionais, como Organização Mundial do Comércio (OMC), Banco Mundial e Fundo Monetário Internacional (FMI).

Compartilhe