Foto: Antonio Bonsorte/Amazon Watch

Líderes indígenas brasileiros pediram à União Europeia (UE), em Genebra, para que não ratifiquem os acordos comerciais que conseguiram com o Mercosul, por acreditarem que aumentará destruição da Amazônia, no Pantanal e no Cerrado. A delegação tem como tema “nem mais uma só gota de sangue indígena” e deve ser finalizada em 20 de novembro.

Os líderes indígenas representam cerca de 300 comunidades e estão na Europa desde outubro. Eles já se reuniram com membros do  Vaticano, do Parlamento suíço e devem ter suas mensagens transmitidas à alta comissária adjunta para Direitos Humanos da ONU, Kate Gilmore.

Entre os pedidos, o grupo pede leis específicas para a rastreabilidade dos produtos brasileiros para que fique claro aos consumidores que as empresas que os vendem respeitam as comunidades indígenas e o meio ambiente.

Compartilhe