Foto: Scott Olson / Getty Images
Spread the love

Com mais de 70% de suas vendas ligadas ao sabor de menta, a ideia de deixar de vender justo esta opção não faria sentido do ponto de vista dos negócios. Entretanto, a Juul, maior empresa do ramo nos Estados Unidos, assumiu a decisão após estudos terem comprovado que a opção era responsável por viciar jovens e adolescentes.

O episódio representa mais um golpe duro para a companhia, que vem sendo investigada por agências de saúde americanas em face ao surto epidêmico que tem causado centenas de casos de problemas de saúde no país e até mesmo a morte.

A situação é tão dramática que o governo Donald Trump estuda banir todos os sabores indiscriminadamente.

Em declaração oficial, a Juul afirmou que deixará de atender a pedidos de revendedores por refis sabor menta “em face aos estudos divulgados recentemente”.