Foto: K. Lamarque/Reuters
Spread the love

China e Estados Unidos, em disputa comercial que levou o estabelecimento mútuo de tarifas a produtos de das duas superpotências, decidiram baixar as taxas de maneira progressiva, segundo anúncio feito pelo porta-voz do ministro do Comércio chinês nesta quinta-feira (7).

O porta-voz também explicitou a sua esperança de que o acordo, sua primeira fase ao menos, seja assinado ainda este ano. O plano inclusive já era esse, aproveitado a reunião da APEC (Cooperação Econômica Ásia-Pacífico) em Santiago, no Chile. O problema é que, por conta dos protestos na cidade, o evento acabou sendo cancelado.

Segundo fontes ligadas à Câmara de Comércio Americana, existe até mesmo a opção de que Brasília, por meio do encontro dos Brics, proporcione esta oportunidade.