Divulgação/Airway

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, se reuniu nesta quarta-feira (30) com a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Secretaria de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura, Associação Latino-Americana do Transporte Aéreo (Alta) e outras autoridades do setor aéreo para debater sobre a conectividade no Brasil. 

Durante a reunião, as companhias anunciaram que irão repor a malha aérea até janeiro de 2020 e que esta será a maior frota utilizada na temporada de verão desde 2015. O presidente da Gol, Paulo Kakinoff, informou que o mercado ficou instável após a saída da Avianca no início deste ano e que as empresas desenvolveram estratégias para minimizar os efeitos da crise. 

“Esse anúncio reflete as medidas assertivas tomadas por este governo que tem o objetivo de desburocratizar e facilitar a vida de quem empreende e gera emprego no Brasil. Aumentar a oferta de voos vai garantir a qualidade do serviço e trazer um preço mais justo aos consumidores. Dessa forma, vamos conseguir melhorar e fomentar o turismo interno e internacional”, afirmou o ministro. 

 

Compartilhe