Carlos Jasso/Reuters

Durante o inquérito de impeachment contra Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, uma autoridade do Departamento de Defesa testemunhava enquanto vários deputados republicanos tentavam invadir a sala nesta quarta-feira (23). 

O protesto dos deputados era, segundo eles, contra o depoimento acontecer em portas fechadas e ter sido aberto para membros que pertencem aos comitês que coordenam o inquérito. 

Segundo a Folha, parte dos testemunhos confirmaram e ampliaram a queixa contra Trump. Os democratas afirmaram que irão realizar audiências abertas após o término de depoimentos das testemunhas e que irão divulgar transcrições públicas dos documentos. 

Compartilhe