Divulgação

O programa Câmara Mirim 2019 tem início nesta quinta-feira (24), e é uma das principais ações do Plenarinho, que é um portal da Câmara voltado para o público infantojuvenil, com o objetivo de educar politicamente os jovens, ressaltando a importância do parlamento, do diálogo e respeito às ideias contrárias. 

Durante 2019, 13 instituições desenvolveram projetos para o Câmara Mirim. Ao total foram aproximadamente 900 propostas e apenas três delas foram escolhidas e serão analisadas pelos alunos, chamados deputados mirins. 

Os jovens irão debater os projetos em comissões da Câmara nesta quinta. Na sexta-feira (25), irão votar os projetos no Plenário Ulysses Guimarães, representando cargos, com direito a votação no painel eletrônico. Há possibilidade de algum deputado da Casa apadrinhar algum dos projetos, como já ocorreu desde 2006, quando o programa teve início. 

Compartilhe