Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, se reúne na segunda-feira (21) com lideranças políticas do Congresso para apresentar a agenda econômica pós-Previdência, que está baseada nos seguintes pilares: Reforma Administrativa, Reforma Tributária, Pacto Federativo e Regra de Ouro. A agenda deve ser detalhada na quarta-feira, um dia após a votação da Previdência no Senado.

Na semana passada (17), Guedes se reuniu com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-AP), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). Será negociado quais projetos serão tocados pela Câmara e quais pelo Senado.

Na semana passada, o novo líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), afirmou que, após a conclusão da Previdência, o restante da agenda de grandes projetos do Planalto ficará para o ano que vem, incluindo a Reforma Tributária. Também circularam informações de que o governo vai focar a sua ação no Congresso para aprovar um pacote de redução de cerca de R$ 30 bilhões de despesas.

TENDÊNCIA: APROVAÇÃO DA MAIOR PARTE FICA PARA 2020

Compartilhe