Reprodução/Facebook

A Polícia Federal (PF) realizou, nesta terça-feira (15), uma operação de busca e apreensão na casa do presidente nacional do PSL, o deputado Luciano Bivar (PE). A ação é em consequência da investigação de sobre o possível desvio de recursos das candidaturas femininas do partido. O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco autorizou as buscas.

Além da casa de Bivar em Jaboatão dos Guararapes, a sede do diretório do PSL em Pernambuco também foi vasculhada. Três candidatas nas eleições, suspeitas de agirem como laranjas, também foram alvos da operação. 

O grupo apoiador do presidente da República, Jair Bolsonaro, sustenta a narrativa de insatisfação com Bivar, alegando falta de transparência do partido e as suspeitas sobre possíveis candidaturas de fachada. Bolsonaro tem afirmado a possibilidade de sair da sigla, aumentando o atrito interno no PSL. 

Compartilhe