Bruno Spada/MME
Spread the love

O leilão da 16ª Rodada de Licitações superou as expectativas do governo e bateu R$ 8,9 bilhões. O leilão visa a exploração do potencial das áreas das bacias de Campos e Santos localizadas fora do Polígono do Pré-Sal e atrair investimentos.

Foram 11 empresas de nove países realizando ofertas. Ao total, uma área de aproximadamente 11,8km² foi arrematada. O Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou “buscamos a meta de colocar o Brasil entre os cinco maiores produtores de petróleo do mundo”.

O próximo leilão, marcado para o dia 6 de novembro, do excedente do contato da cessão onerosa “são resultado de um processo que contou com o trabalho abnegado de representantes de diversos órgãos, Agência Nacional do Petróleo (ANP), do Ministério de Minas e Energia (MME), dos membros do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e do Tribunal de Contas da União (TCU)”, lembrou Albuquerque.