José Cruz/Agência Brasil

O ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, nesta quinta-feira (3), lançou o projeto Salve Uma Mulher, que compila ações de enfrentamento à violência contra as mulheres. A ideia oficial é mobilizar a sociedade, fornecer informações e capacitar mulheres para a criação de uma rede de apoio que auxilie na identificação de violências. 

Para alcançar mulheres do país inteiro, profissionais serão capacitados, das mais diversas áreas, como agentes de saúde, conselheiros tutelares e carteiros. Profissionais de estética, como salões de beleza são aliados fortes. 

O ministério estima que 340 mil agentes de saúde sejam mobilizados, bem como 106 mil funcionários dos Correios, 30 mil conselheiros tutelares e 1,722 profissionais da Defensoria Pública da União. 

Compartilhe