Adam Ferguson/The New York Times

Seja por conta da Assembleia Geral da ONU ou pelo início de um processo de impeachment que ameaça a presidência de Donald Trump, o temor de que os Estados Unidos pudessem atacar o Irã esfriou. Contudo isso não quer dizer que os maiores e históricos aliados dos sauditas esqueceram os ataques às refinarias por meio de drones e foguetes.

O governo americano está preparado para enviar cerca de 200 tropas para Riad, além de um sistema de mísseis.

Compartilhe