Foto: Ana Volpe/Agência Senado

A iniciativa Esplanada Sustentável é administrada pelos ministérios da Economia e de Minas e Energia para reduzir gastos do executivo com energia elétrica e promover um novo modelo de gestão que façam uso racional dos recursos naturais e prezem pela sustentabilidade ambiental e socioeconômica.

Uma parte da iniciativa é a criação de um portal de orientação para órgãos públicos sobre formas de economizar os gastos com energia. Por meio de informações e dados sobre consumo, cartilhas e orientações para readequação contratual junto às fornecedoras, os órgãos públicos podem diminuir e ressignificar suas práticas de consumo.

“Fizemos uma parceria com a CEB (Companhia Energética de Brasília) que nos deu acesso ao histórico de consumo de 150 contratos do poder Executivo e só os primeiros 44 contratos que foram analisados. Apenas mudando a classe de consumo, conseguimos economia de R$ 6,3 milhões por ano”, informou o secretário de gestão do ministério da Economia, Cristiano Heckert.

Compartilhe