Roque de Sá/Agência Senado

O Plenário do Senado deve votar nesta terça-feira (1), a Proposta de Emenda à Constituição da reforma da Previdência. A proposta deve ser analisada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que irá deliberar sobre o relatório das 77 emendas apresentadas, do senador Tasso Jereissati.

A votação do tema estava marcada para a última terça-feira (24), mas foi adiada por conta de uma sessão do Congresso Nacional. “O adiamento da votação (…) não interferirá no calendário apresentado por todos os líderes partidários. Ao contrário, nós faremos a nossa obrigação e cumpriremos o nosso dever”, informou o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

A presidente da CCJ, Simone Tebet (MDB-MS) informou que, apesar de considerar um erro adiar a sessão, o calendário da PEC segue mantido e, para garantir a aprovação do texto em segundo turno até o dia 10 de outubro, deve haver uma quebra de prazo constitucional em Plenário. 

Compartilhe