Divulgação

Especialistas dos governos brasileiro e espanhol se reúnem em Brasília até quarta-feira (2) em um seminário sequencial de cooperação técnica entre os países, para discutir os impactos socioeconômicos que as reformas do sistema público de seguridade social tiveram em cada um.

Durante  o evento, a conselheira de Trabalho, Migrações e Seguridade Social da embaixada da Espanha no Brasil, reforçou a importância das reformas para acompanhar as mudanças sociais e garantir direitos às futuras gerações sem comprometê-las economicamente. 

“Apesar de termos evoluído na política de sustentabilidade do sistema, a Espanha ainda demanda mais reformas, já que há um aumento crescente da expectativa de vida da população”, afirmou Pilar Contín Trillo-Figueroa, advogada do Serviço Jurídico do INSS na Espanha. 

Compartilhe