Fabrice Coffrini/AFP

A população da Suíça realizou, neste domingo (22), um funeral simbólico pelo derretimento de uma geleira conhecida por cientistas como Pizol. A geleira desapareceu em razão dos efeitos do aquecimento global, como o aumento das temperaturas. 

Aproximadamente 250 pessoas se reuniram em torno de onde era a geleira. Segundo representante da Associação Suíça para a Proteção do Clima, uma das ONGs que organizou a cerimônia, a Pizol “perdeu tanto de sua essência que, do ponto de vista científico, não é mais uma geleira”. 

Desde 2006 a geleira perdeu de 80% a 90% de seu volume. Agora, só restam 26.000m² de gelo. Segundo um estudo da Escola Politécnica Federal de Zurique, outras 4 mil geleiras nos alpes suíços podem derreter até o final do século. 

Compartilhe