Carl de Souza/AFP

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, objetiva arrecadar ao menos R$200 bilhões com a intitulada “nova CPMF”. A Receita Federal divulgou que a contribuição de 20% sobre os salários recolhidos pelos empregadores proporcionou R$200,6 bilhões em 2017.

O novo tributo será introduzido aos poucos, de acordo com a equipe econômica. Para não sobrecarregar a carga tributária, a alíquota de entrada será aproximadamente 0,4% e haverá uma redução proporcional na contribuição sobre a folha de pagamento. 

“[No ITF,] quando você pega uma cadeia com 10 elos, o efeito cumulativo é 4,5%. E o efeito cumulativo da contribuição previdenciária sobre a folha de pagamento é de 14%”, afirmou Guedes. 

Compartilhe