Justin Sullivan/Getty Images

Foi identificada por pesquisadores da Google uma falha no sistema operacional iOS, da Apple, que permitia o acesso a dados do usuário (protegidos por criptografia de ponta a ponta)   pudessem ser acessados por quem tivesse acesso ao banco de dados da Apple. O problema foi incialmente notado no aplicativo iMessage, mas depois verificou-se que o mesmo ocorria com o Telegram e o WhatsApp.

A falha foi identificada por pesquisadores do Projeto Zero, uma iniciativa da Google que reúne especialistas em analisar segurança virtual para encontrar vulnerabilidades no sistema. No caso ocorrido, descrito como uma tentativa de invasão aos dados dos usuários do iPhone, os analistas descobriram sites que transmitem vírus para os aparelhos celulares e comprometem a segurança de diversos arquivos pessoais, inclusive de mensagens privadas trocadas nesses aplicativos, mesmo nas conversas criptografadas de ponta a ponta.

Segundo comunicado do Projeto Zero, o bug também permita o acesso a dados de localização.