Foto: Divulgação

Em agosto, o jornal The New York Times publicou uma matéria em que Summer Worden, ex-oficial de Inteligência das Forças Aéreas americanas, acusou a ex-esposa,  Anne McClain, astronauta da Nasa de furto de identidade e acesso indevido a registros financeiros privados. Segundo Wordenm, sua ex-esposa teria cometido os crimes enquanto estava em uma missão de seis meses na Estação Espacial Internacional (ISS).

McClain  reconhece ter feito o acesso, mas nega qualquer irregularidade. Seu advogado, Rusty Hardin, afirmou que ela está cooperando totalmente com a investigação de seus supostos delitos.

Embora ainda não exista nenhum outro caso de alegação de crime cometido no espaço, a estrutura legal da ISS estabelece que a lei nacional se aplica a qualquer pessoa e posses no espaço. Portanto, o caso será julgado de acordo com as normas norte-americanas.