Michael Melo/Metrópoles

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) realizou, nesta quinta-feira (29), um teste com um novo aparelho “drogômetro”, que identifica substâncias psicoativas presentes no organismo dos motoristas. 

Por meio do suor recolhido da digital do motorista, o teste consegue identificar até 15 tipos de drogas, dentre elas, ecstasy, cocaína e crack. 

O drogômetro não pode ser utilizado para autuação do condutor, porque ainda não foi regulamentado pelo Conselho Nacional de Trânsito. Segundo o Detran-DF, o objetivo da medida é identificar, em caráter educativo, o uso de drogas por parte dos motoristas.