Foto: Divulgação

O PPI, em parceria com o Ministério da Infraestrutura e a ANTT e o apoio de entidades do mercado, como a Associação Brasileira de Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib) e a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), realiza no fim do mês u encontro chamado “Diálogo PPI – Com o Mercado”, a fim de apresentar o novo mercado de concessão rodoviária.

O evento se destina a investidores e operadores de concessões rodoviárias no Brasil e no exterior e a agentes do setor de financiamento e de seguros de projetos de infraestrutura. Os diálogos do PPI com o mercado serão distribuídos em duas atividades: sessões plenárias (uma com foco nos investidores e nos operadores rodoviários e outra, nos financiadores) e reuniões one-on-one (individuais presenciais ou por videoconferência).

As duas sessões plenárias acontecerão em São Paulo, uma na sede da Abdib, para investidores, operadores e consultores jurídicos, e outra na sede da Anbima, para financiadores, seguradoras e consultores financeiros. As reuniões one-on-one serão realizadas mediante agendamento no Anexo do Palácio do Planalto, onde funciona o PPI, nos dias 28 e 29 (para investidores e operadores) e nos dias 30 e 31 (para financiadores e seguradoras).

Para a obtenção de detalhes e da ficha de inscrição, os interessados podem acessar o site do PPI (https://www.ppi.gov.br/dialogoppi-com-o-mercado-novo-modelo-de-concessao-rodoviaria).

Rodovias no Paraná

A Empresa de Planejamento e Logística (EPL) vai realizar estudos de viabilidade para a concessão de um bloco de nove trechos de rodovias federais no Paraná. Esses trechos foram delegados ao estado no governo Fernando Henrique Cardoso e voltarão para a União, já que o prazo do convênio expira em 2021.

A intenção do governo é transferir tais trechos para o setor privado, totalizando perto de 4 mil quilômetros.Os estudos serão feitos em parceria com o Internacional Finance Corporation (IFC), organismo vinculado ao Banco Mundial e com atuação na produção de estudos e financiamentos.