Divulgação

O Airbus A321, da Rússia, realizou um pouso emergencial nesta quinta-feira (15), em um milharal em Moscou, após colisão com um bando de pássaros. Estavam presentes 226 passageiros e 7 tripulantes. 

Das 233 pessoas que estavam no momento da colisão, 74 pessoas ficaram feridas. Dentre elas, 19 são crianças. Ao total, 6 foram hospitalizadas. As autoridades russas elogiaram a competência dos dois pilotos. “Parabenizamos os heroicos pilotos que salvaram a vida das pessoas”, afirmou Dmitry Peskov, porta-voz do Estado. 

O voo seguia para Simféropol, anexada à Rússia, quando às 3h20 (horário de Brasília), dois minutos após ter decolado, teve de fazer o pouso de emergência, próximo ao aeroporto de Jukovki. “Tudo aconteceu em poucos segundos. Tínhamos decolado e de repente pousamos”, explicou uma das passageiras.