Alan Santos/PR

Nesta quarta-feira (31), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, designou o Brasil como um aliado preferencial extra-Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte). A designação é feita por países não-membros que são considerados aliados militares dos EUA. 

A parceria trata do controle de exportação de armas e cede acesso à cooperação militar e transferência de tecnologias com o país norte americano. Além disso, o Brasil passa a ter prioridade para receber artigos de defesa que não são mais utilizados pelos EUA ou que têm excesso de estoque. 

O Brasil foi o 17º país a receber este status, o segundo da América. Nenhum país da América Latina ou do Atlântico Sul fazem parte da aliança. 

Compartilhe