Fernando Frazão/Agência Brasil

Na Semana Mundial da Amamentação 2019, celebrada em mais de 170 países, o Ministério da Saúde lançou a Campanha de Amamentação e ampliou a rede de assistência às mães que estão amamentando e habilitou mais 39 unidades do Hospital Amigo da Criança. 

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, informou que estão elaborando novos critérios para recursos na Atenção Básica, e uma das novas premissas é que os agentes de saúde fomentem o tema da amamentação junto à sociedade. 

“Agora, queremos que o repasse seja feito, também, por indicadores. Alguns são clássicos, como a mortalidade infantil, e agora estamos colocando, como indicador, o tempo médio de amamentação nas cidades, onde as equipes de saúde estão inseridas. Assim, quanto mais o tempo médio de amamentação aumentar localmente, mais recursos poderão ser disponibilizados, para estimular cada vez mais o trabalho com foco na amamentação”, afirmou o ministro.