O Ministério do Desenvolvimento Regional disponibilizou, por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), R$ 13,4 bilhões em operações de crédito para produtores e empreendedores da região semiárida. 

Os recursos do fundo são geridos pelo MRE e o FNE é operalizado pelo Banco do Nordeste. O ministro Gustavo Canuto destacou que ““A região Nordeste tem o privilégio de contar com este órgão, que tanto contribuiu para o desenvolvimento da região ao longo desses 67 anos. Não é à toa que o BNB é reconhecido como um dos maiores órgãos da América Latina em atuação na área de desenvolvimento regional.”

Do total de R$ 13,4 bilhões, R$ 5,77 bilhões foram destinados à infraestrutura em 9 estados do Nordeste, excluindo apenas Alagoas e Maranhão. Aproximadamente 70% deste montante foi para energia elétrica renovável. “Essas operações de crédito levam desenvolvimento para regiões com menos oportunidades e os investimentos retornam à população na forma de postos de trabalho para o País”, disse o ministro.