Wilson Dias/Agência Brasil

O Brasil alcançou o 2º lugar no ranking de países com medidas de controle do tabaco. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estabelece práticas estratégicas para combate ao tabagismo. 

De acordo com o Relatório da OMS sobre a Epidemia Mundial do Tabaco, o Brasil é referência internacional quando se trata dessa pauta. Dentre os 171 países que aderiram as premissas da OMS, apenas o Brasil e a Turquia implementaram ações de sucesso nesse sentido. 

“Queremos ser primeiro mundo em saúde pública e na luta antitabagista. Queremos ser o primeiro país do mundo livre de tabaco. E isso depende de nós. Esse trabalho é muito focalizado no Ministério da Saúde, mas é feito pelos três poderes”, disse Luiz Henrique Mandetta, Ministro da Saúde.