Divulgação

Nesta quinta-feira (25), o Tesouro Nacional publicou o Relatório Mensal da Dívida Pública Federal (DPF) do mês de junho. O estoque da dívida representa 2,24% de aumento de maio para junho, passando de R$ 3,891 trilhões para R$ 3,978 trilhões. 

Em junho as emissões da Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) alcançaram R$ 71,13 bilhões e teve seu estoque com acréscimo de 2,44%. O aumento é devido à emissão líquida de R$ 68,40 bilhões R$ 20,60 bilhões referentes à apropriação positiva de juros. 

Segundo o Tesouro Nacional, o custo médio das emissões da dívida interna foi de 7,12% ao ano nos últimos 12 meses, representando o menor valor desde 2010, quando se iniciou a série histórica. Já a dívida externa sofreu redução de 2,48% sobre o estoque de maio, com R$ 151,68 bilhões.