Giovanna Bembom/Metrópoles

Foi publicado nesta segunda-feira (22), no Diário Oficial do DF (DODF), a Lei nº 6.334/2019, que extingue o órgão de Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans). Com isto, a Secretaria de Transporte e Mobilidade do Distrito Federal (Semob) assume as competências e funções do DFTrans. 

Os funcionários, recursos financeiros e orçamentários, cargos e funções comissionadas serão transferidos para a Semob. A responsabilidade pelo Sistema de Bilhetagem Automática foi transferida para o Banco de Brasília (BRB) para confeccionar e manter o cadastro, a distribuição e comercialização dos cartões. 

Após algumas falhas do Sistema de Bilhetagem, Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal, anunciou o fim do órgão, alegando que “só tem dado trabalho e desrespeito à população. É uma central de corrupção”.