Lula Marques

Nesta segunda-feira (15), o plenário da Câmara pode aprovar requerimento de quebra de interstício de cinco sessões entre a votação do primeiro e do segundo turno da Reforma da Previdência. É necessário o apoio da maioria simples para aprovar o requerimento. O objetivo é agilizar a votação da Previdência em agosto.

Como o Congresso retorna no dia 1º, uma quinta-feira, a votação em segundo turno foi marcada para o dia 6, a partir das 16h. Vale ressaltar que no segundo turno somente podem ser apresentados dois tipos de destaque: (1) supressivo; (2) ou de redação, desde que não altere o sentido do texto.