Agência Brasil

Na última quinta-feira (4), 16 países, entre eles Estados Unidos e Brasil, enviaram um comunicado à Organização Mundial do Comércio (OMC) pedindo que a União Europeia (UE) reavalie sua abordagem às aprovações de produtos e utilize métodos aceitos internacionalmente.

O comunicado afirma que abordagem da UE gerou grande incerteza e diverge de avaliações de risco científicas, criando rupturas que ameaçam crescer significativamente nos próximos anos e que ao implementar essas medidas, o bloco europeu passa a mensagem de uma tentativa unilateral de imposição de suas abordagens de regulação doméstica para seus parceiros comerciais.

A lista completa dos países que assinaram o comunicada é composta por Brasil: Canadá; Colômbia; Costa Rica; Equador; Estados Unidos; Guatemala; Honduras; Malásia; Nicarágua; Panamá; Paraguai; Peru; República Dominicana e Uruguai.