Marcelo Camargo/Agência Brasil

A frequência escolar de alunos beneficiados pelo programa Bolsa Família atingiu um recorde em toda a série histórica do programa. No início da série, em 2007, só 68,95% dos beneficiários foram acompanhados. Em 2014, 89,22%. De abril a maio de 2019, foi registrado acompanhamento de 89,81% do total. 

A frequência escolar é acompanhada pelo Ministério da Educação pelo Sistema Presença. Os dados coletados auxiliam no combate ao abandono e a evasão escolar e para o direcionamento de políticas públicas. 

O MEC acompanha a frequência dos alunos entre 6 e 17 anos que fazem parte do programa Bolsa Família. Para receber o benefício, a frequência mensal deve ser de 85% para alunos de 6 a 15 anos e de 75% para adolescentes entre 16 e 17 anos.