Saul Loeb/AFP/Getty Images

Durante mais de 100 anos, em apenas quatro ocasiões um presidente americano não conseguiu se reeleger. A última foi em 1993, com o presidente George H. W. Bush. Dito isso, tudo aponta hoje para uma vitória de Donald Trump em 2020. Se por um lado os democratas não parecem dispor de candidaturas que empolguem — o vice-presidente Joe Biden, líder nas pesquisas entre os democratas, vem causando preocupação em sua campanha por se recusar a ouvir os conselheiros mais próximos —, a economia vai bem, um fator tradicionalmente decisivo nas eleições presidenciais. Contudo, o cenário envia mensagens trocadas.

Nesta semana foi confirmado o 121° mês de crescimento seguido na economia americana. Um recorde. Por outro lado, o mercado e investidores salientam que o crescimento tem sido pequeno (na ordem de 1,5%).
Se esses temores coincidirem com uma real desaceleração às vésperas do pleito, nada garante que a reeleição seja favas contadas.