O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se reúne na terça-feira (02) com governadores e prefeitos para discutir a inclusão de estados e municípios na Reforma da Previdência. Após a apresentação do parecer do relator, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), terá início o processo de votação, que deverá se encerrar apenas na quarta ou quinta-feira.

Se a votação na Comissão Especial for concluída esta semana, a votação em plenário pode ocorrer a partir do dia 09. Mesmo assim, regimentalmente, ainda seria possível votar – e até mesmo concluir – o primeiro turno antes do recesso (19 a 31 de julho). Em 2003, a votação da Reforma da Previdência do ex-presidente Lula (PT) levou duas semanas (de 05 a 13 de agosto).