FILE PHOTO: The logo of Nike (NKE) is seen in Los Angeles, California, U.S., April 12, 2016. REUTERS/Lucy Nicholson/File Photo

Preocupada com repercussões alheias ao mercado de tênis esportivos, a Nike decidiu cancelar a venda na China do seu novo lançamento, o modelo undercover.

A medida se deu por conta de uma postagem do designer da Undercover, Jun Takahashi, no Instagram. Em sua publicação, Takahashi usou uma foto dos protestos em Hong Kong contra o projeto de lei que permitira extradições de Hong Kong para a China continental. E não só isso: a foto vinha com a mensagem “no extradition to China!” — (“não às extradições para a China!”).

A postagem repercutiu mal entre usuários chineses do aplicativo, levando varejistas locais a pedir explicações para a gigante americana e inclusive a recusar o produto. A partir de então, a própria Nike decidiu adotar a medida de cancelar a venda no país.