Ascom/CGU

A primeira negociação global no contexto da Operação Lava Jato foi fechada nesta terça-feira (25). A Controladoria-Geral da União (CGU), a Advocacia-Geral da União (AGU), o Ministério Público Federal (MPF) e o Departamento de Justiça Norte-Americano (DoJ) firmaram o acordo. 

O acordo totalizou um valor de R$ 1.13 bilhão para serem pagos pela Technip Brasil e a Flexibras até julho de 2021, sendo R$ 819 milhões pagos no Brasil. O Governo Federal firmou, desde 2017, oito acordos com empresas investigadas por atos previstos na Lei Anticorrupção, Lei Administrativa e na Lei de Licitações.

O retorno desses recursos pagos aos cofres públicos, desde 2017, já é de mais de R$2.1 bilhões. Outros acordos de leniência ainda estão sendo firmados e serão pagos em breve.