Foto: Casa Branca

A mídia americana comunicou que os Estados Unidos realizaram nesta semana uma série de ciberataques contra sistemas de lançamento de mísseis e uma rede de espionagem iranianos, depois de Teerã ter destruído um drone dos EUA.

 

De acordo com o jornal The Washington Post, Donald Trump, autorizou o Cibercomando dos EUA a praticar represálias em forma de ataques cibernéticos à destruição do drone no último dia 20 de junho. Na sexta-feira (21), Trump tuitou que havia anulado de última hora ataques aéreos programados contra o Irã, para evitar a morte de 150 pessoas. “Vamos pôr em prática grandes sanções adicionais contra o Irã, na segunda-feira”, anunciou Trump através do Twitter.

 

O governo iraniano advertiu que qualquer ataque contra seu território teria consequências devastadoras.