Marcelo Camargo/Agência Brasil

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, afirmou que modernização trabalhista está de acordo com tratados e obrigações internacionais. Documento divulgado pela Comissão de Aplicação de Normas da Organização Internacional do Trabalho (OIT) não aponta nenhuma ilegalidade na legislação do país.

“O Brasil demonstrou plena conformidade da modernização trabalhista com as obrigações internacionais. A conclusão da OIT não apontou violação e nada que coloque em dúvida as práticas do nosso país”, disse Marinho, após a divulgação do documento na 108ª Conferência Internacional do Trabalho, em Genebra (Suíça).