Rovena Rosa/Agência Brasil

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP) afirmou em entrevista na BandNews TV, que o ex-governador Geraldo Alckmin, (PSDB-SP), deveria solicitar afastamento do partido pelo tempo em que a investigação estiver em curso.

Alckmin teve seus bens bloqueados em até R$9,9 milhões devido a um processo que investiga possíveis repasses de caixa dois da Odebrecht para sua campanha pelo governo de São Paulo em 2014.

Doria afirmou que os membros envolvidos em investigações deveriam pedir licença e que, caso não ocorresse, deveriam ser expulsos pois demonstraria falta de confiança na própria inocência.